Bem Vindo

O que é o portal?

O Portal Brasileiro de Ciência e Tecnologia tem como objetivo produzir um mapa da produção científica do país a partir de dados individuais dos pesquisadores que integram as equipes dos atuais Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCTs) e que se encontram disponíveis de forma dispersa em fontes da Web, particularmente a Plataforma Lattes do CNPq. Para isso, são empregadas técnicas do estado da arte em coleta, integração, análise e visualização de dados da Web, resultantes das pesquisas realizadas no âmbito do InWeb, de modo a gerar diferentes visões da produção científica de cada grupo, a partir das quais pretende-se analisar como as diversas áreas da ciência e do conhecimento se organizam no país, como ocorrem as colaborações entre pesquisadores e como surgem as interações multidisciplinares.

Números atuais

O Portal atualmente agrega informações de:

  • 123 INCTs,
  • 4.676 pesquisadores,
  • 288.867 publicações científicas

Relacionados

InWeb

InWeb

InWeb

Proposta

Qual é a proposta do Portal Brasileiro de Ciência e Tecnologia?

O Portal Brasileiro de Ciência e Tecnologia é um dos seis projetos estruturantes que compõem o InWeb, um dos 126 INCTs aprovados pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). Conforme anunciado pelo Ministério da Ciência e tecnologia (MCT), esse programa foi concebido tendo como uma de suas principais metas mobilizar e agregar, de forma articulada e com atuação em redes, os melhores grupos de pesquisa em áreas de fronteira da ciência e em áreas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do país.

Dentro desse contexto, o Portal fornece instrumentos que viabilizam, sob diferentes perspectivas, um melhor conhecimento da produção científica nacional. Tem-se como foco os grupos de pesquisa participantes dos INCTs, visando avaliar o impacto desses grupos na produção científica brasileira. Visto que grande parte das informações sobre a produção científica de cada grupo se encontra dispersa em diferentes fontes da Web (por ex., o Currículo Lattes), foram geradas ferramentas para coleta e integração das mesmas. Com isso, deseja-se estabelecer uma plataforma adequada para a realização de análises sobre esses dados, disponibilizando-os para a comunidade através da Web, agindo omo um ambiente experimental para a investigação de problemas relacionados à gerência de dados da Web, uma das principais linhas de pesquisa propostas para do INCT responsável pelo portal.

Sobre os INCTs

O que são os Insitutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCTs)?

InWeb Os Institutos Nacionais de Ciência e Teconologia ou INCTs são centros de pesquisa brasileiros que abrangem todo o terrítório nacional, sendo fomentados por verbas públicas e caracterizados pelo alto padrão de pesquisa científica realizada. O objetivo desses centros é contribuir para o desenvolvimento da pesquisa e criar patentes para o país, promovendo uma singeria entre grupos de pesquisadores de diferentes instituições e áreas do conhecimento. O Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia visa:

  • Mobilizar e agregar os melhores grupos de pesquisa para impulsionar a pesquisa científica básica e fundamental, além de estimular o desenvolvimento de pesquisa científica e tecnológica de ponta, objetivando o desenvolvimento sustentável do país.
  • Criar ambientes atraentes e estimulantes para alunos talentosos de diversos níveis, do ensino médio ao pós-graduado. O Programa também se responsabilizará diretamente pela formação de jovens pesquisadores e apoiará a instalação e o funcionamento de laboratórios em instituições de ensino, instituições de pesquisa e empresas.
  • Proporcionar a melhor distribuição nacional da pesquisa científico-tecnológica, e a qualificação do país em áreas prioritárias para o seu desenvolvimento regional e nacional.
  • Estabelecer programas que contribuam para a melhoria do ensino de ciências e a difusão da ciência para o cidadão comum.

O advento dos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia brasileiros é uma iniciativa do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico). Os institutos funcionam de forma multicêntrica, sob a coordenação de uma instituição-sede. Grupos de pesquisadores vinculados à universidades e instituições científicas submetem propostas em forma de projetos ao CNPq. Os recursos totais do destinados aos INCTs são distribuidos em projetos de 19 áreas consideradas estratégicas pelo PACT&I 2007-2010 (Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação): biotecnologia, nanotecnologia, tecnologias da informação e comunicação, saúde, biocombustíveis, energia elétrica, fontes renováveis de energia, mudanças climáticas, segurança pública e inclusão social.

A iniciativa é coordenada MCT (Ministério da Ciência e Tecnologia), por intermédio do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), em parceria com a Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), e com as Fapesp (Fundações de amparo à pesquisa) de São Paulo, Minas Gerais e do Rio de Janeiro.

Para conhecer melhor o projeto, visite a seção do site do CNPq destinado aos projetos.

Quem somos?

Quem somos?

InWeb

O Portal Brasileiro de Ciência e Tecnologia é um dos projetos desenvolvidos pelo INCT para Web (InWeb), um dos 126 INCTs brasileiros. O objetivo do InWeb é desenvolver modelos, algoritmos e novas tecnologias que permitam aumentar a integração da Web com a sociedade. Além disso, pretende-se tornar mais efetiva e mais segura a distribuição de informação na Web, e mais eficazes e eficientes os seus serviços, de forma a proporcionar um vetor de mudanças sociais e econômicas no País. O programa desse Instituto compreende atividades relacionadas à pesquisa, à formação de recursos humanos e à transferência de conhecimento para a sociedade e para o setor empresarial.

Instituições

O desenvolvimento e manutenção do Portal Brasileiro de Ciência e Tecnologia conta com a participação de pesquisadores e alunos colaboradores de graduação, mestrado e doutrado das Universidades Federal de Minas Gerais, Amazonas e Rio Grande do Sul.

InWeb       InWeb       InWeb

Principais Pesquisadores

Principais Estudantes

  • Alan Silva (UFMG)
  • Carolina Bigonha (UFMG)
  • Daniel Hasan Dalip (UFMG)
  • Eduardo Barbosa (UFMG)
  • Eduardo Borges (UFRGS)
  • Eli Cortez (UFAM)
  • Giseli Lopes (UFRGS)
  • Petérson Sampaio Procópio Jr. (UFMG)
  • Rafael Odon de Alencar (UFMG)
  • Thiago Cardoso (UFMG)
  • Thiago Salles (UFMG)
  • Vítor Oliveira (UFMG)
Todos os dados disponibilizados nesse portal foram retirados do Curriculo Lattes em 29/11/2010